Páginas

sábado, 2 de outubro de 2021

Firmino Alves: sorteio define urna da 98ª seção para auditoria

Em audiência pública, sorteio foi realizado na manhã deste sábado (2/10), na Câmara Municipal da cidade; auditoria por votação paralela ocorrerá amanhã (3/10), dia do pleito 

O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) realizará auditoria de uma das 14 urnas eletrônicas preparadas para a eleição suplementar de Firmino Alves, que acontece neste domingo (3/10). O sorteio que definiu o equipamento a ser auditado foi realizado na manhã deste sábado (2/10), na Câmara Municipal. Mais de 4.500 eleitores deverão retornar às urnas para a escolha dos novos prefeito e vice-prefeito. 

A urna sorteada foi a da seção 98, uma das quatro localizadas na Escola Municipal Cosme de Farias. A auditoria da votação eletrônica faz parte dos procedimentos de segurança processo de votação brasileiro e ocorre com o objetivo de comprovar a lisura, inviolabilidade e credibilidade da urna. O sorteio foi acompanhado pelo juiz da 137ª Zona Eleitoral, Rojas Sanches Junqueira. “A auditoria é uma garantia da legitimidade dos votos, um atestado da segurança da urna eletrônica, o que garante ainda mais transparência ao processo eleitoral”, afirmou.  

A Comissão de Auditoria da Votação Eletrônica é presidida pelo juiz de Direito Antônio Carlos Rodrigues de Moraes e composta pelos servidores Athiê Marcos Assis Ramos, Adailda Martins dos Santos, Sérgio Ricardo Sacramento de Oliveira, Vanessa Rosa Moreira Silva, Maria Carolina Prado Medrado e Thaissi Neves Sampaio, conforme disposto no art. 3º, II, da Resolução Administrativa Nº 26/2021.

O sorteio da urna a ser auditada ocorre em audiência pública, com a presença de advogados, representantes de partidos políticos e demais interessados em acompanhar o processo. Também acompanharam o sorteio: as secretárias do Eleitoral baiano, Thaís Pinheiro Habib (Geral da Presidência) e Hercília Barros (Judiciária Remota do 1º Grau de Jurisdição); e o secretário Victor Mesquita (Planejamento de Estratégia e de Eleições).

A auditoria acontece no domingo (3/10), em mesmo horário da eleição suplementar, das 7h às 17h, na Câmara Municipal de Firmino Alves. Todo o procedimento é disciplinado pela Resolução 23.603/2019, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que dispõe sobre a fiscalização e auditoria do sistema eletrônico de votação.

HS

Nenhum comentário:

Postar um comentário