Páginas

quarta-feira, 17 de março de 2021

TRE-BA realiza primeira Reunião de Análise da Estratégia (RAE) do ano

Na última RAE sob a gestão do Des. Jatahay Júnior, foram apresentados os resultados estratégicos de 2020


Membros do Conselho de Governança e gestores convidados reuniram-se em 10/03, para a I Reunião de Análise da Estratégia (RAE) de 2021, compromisso quadrimestral, conforme art. 4º, da Resolução Administrativa n.º 14/2015, que dispõe sobre o Planejamento Estratégico do Órgão para o período 2016-2021.

Na abertura da última RAE sob sua gestão, o Presidente da Corte, Des. Jatahy Júnior, rememorou os desafios e os ensinamentos decorrentes da pandemia de COVID-19, e reputou o êxito de sua administração ao empenho de magistrados e servidores.

O Corregedor Regional Eleitoral e Vice-Presidente, Des. Roberto Frank, afirmou que a gestão do Des. Jatahy Júnior é digna de todos os aplausos, visto que, a despeito da pandemia, o Tribunal cumpriu todos os prazos eleitorais e realizou com sucesso as eleições 2020.

Já o Diretor-Geral, Raimundo Vieira, destacou que os bons resultados colhidos em 2020 foram fruto do apoio integral da atual Presidência. Nessa mesma linha, o Secretário de Planejamento de Estratégia e de Eleições, Maurício Amaral, destacou a confiança depositada pela administração no trabalho dos servidores do TRE-BA.

Por sua vez, a Coordenadora de Planejamento de Estratégia e Gestão, Luciana Bichara, lembrou o atingimento de todas as Metas Nacionais e Específicas de 2020, o 1º lugar no Ranking da Transparência do CNJ e o Prêmio CNJ de Qualidade – Categoria Ouro, alcançando o 4º lugar dentre todos os Eleitorais, com pontuação suficiente para a Categoria Diamante.

Assim como em 2019, 10 (dez) objetivos estratégicos foram concretizados em 2020, 1 (um) não foi medido e 4 (quatro) não foram atingidos: Promover a melhoria da Governança em Gestão de Pessoas, Aperfeiçoar a qualidade do gasto público, Aperfeiçoar a Governança de TIC e Promover a melhoria dos serviços de TIC. Nesse contexto, vale destacar que todos os objetivos relacionados ao cliente externo (eleitores, candidatos, partidos políticos e advogados) foram alcançados no exercício.

Dentre os 40 indicadores estratégicos, 34 foram efetivamente monitorados, 4 não eram aplicáveis no ano e 2 estavam com metas em construção. Considerando os monitorados, 26 (76,5%) alcançaram suas metas e 8 (23,5%) não as atingiram, caracterizando desempenho superior ao de 2019, quando 75% dos indicadores medidos alcançaram as metas propostas.

26 projetos estratégicos foram priorizados em 2020, dos quais 6 (23%) foram concluídos, 1 (4%) foi cancelado, 13 (50%) estavam com andamento normal no fim do ano, 3 (11,5%) com atrasos não críticos e outros 3 (11,5%) com atrasos críticos.

Na reunião, foram prorrogados os prazos finais dos projetos p1. Melhores Práticas e p31. Fala, cidadão!, aprovada a descontinuidade do projeto p4. Desdobramento da Estratégia e cancelado o p17. Sistema de Custos.

O Conselho de Governança também ratificou o Plano Anual de Contratações (PLANCONT) 2021 e a 3ª Revisão do Plano de Logística Sustentável (PLS). Além disso, acolheu pedido de reconsideração relativo ao indicador i28 – Número de normas de segurança da informação instituídas, que passou a integrar o rol daqueles que cumpriram as metas do ano.

No encontro, foram apresentados informes sobre a prestação de contas da gestão 2020 (Relatório de Gestão), bem assim sobre a formulação do Planejamento Estratégico 2021-2026, que deverá ser instituído até 30/06, conforme Resolução CNJ n.º 325/2020.

Como se vê, apesar da pandemia, o TRE-BA não se imobilizou em 2020, alterou sua organização de trabalho e prestou o melhor serviço possível à sociedade, garantindo as eleições municipais e apresentando resultados importantes, equivalentes ou superiores aos de 2019.

Para consultar a performance pormenorizada dos indicadores e projetos estratégicos, clique AQUI. A próxima RAE, com resultados do primeiro trimestre de 2021, deverá ocorrer em maio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário