quarta-feira, 17 de março de 2021

Combate à desinformação é pauta de encontro virtual entre assessores de comunicação da Justiça Eleitoral

Reunião, realizada nesta quarta-feira (17/3), integra programação do III Encontro Virtual do Coptrel; a importância das assessorias foi destacada pelo presidente do Coptrel e do TRE-BA, desembargador Jatahy Júnior  



O III Encontro Virtual do Colégio de Presidentes dos Tribunais Regionais Eleitorais (Coptrel) reuniu, na manhã desta quarta-feira (17/3), assessores dos 27 TREs e da Secretaria de Comunicação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para discutir mecanismos de combate a boatos e desinformação antes e durante o período eleitoral. O evento contou com a participação do presidente do Regional baiano e do Coptrel, desembargador Jatahy Júnior. 

Durante a abertura do evento, o presidente ressaltou a importância das assessorias de comunicação dentro do processo eleitoral. “Quem não trabalha na Justiça Eleitoral pensa que o trabalho só acontece a cada dois anos. Isso não é verdade. Quando se encerra uma eleição já começamos a preparar a próxima.  Sem dúvidas, o serviço de preparação da comunicação do TSE e dos TREs é bastante relevante em relação aos pleitos”.

O desembargador destacou ainda que, “atualmente, estamos sofrendo muito com a desinformação e, inclusive, com situações para tentar colocar dúvida na cabeça dos eleitores sobre a lisura do processo eleitoral, apesar de, a cada dois anos, nós da Justiça Eleitoral, o Brasil, dar uma lição de como se realiza um pleito com lisura, rapidez e eficiência”.

O trabalho das Ascoms, na opinião do desembargador, está surtindo efeito, “os números mostram que, a cada dia mais, os cidadãos confiam na sua Justiça Eleitoral, confiam nesse maravilhoso instrumento que é a urna eletrônica. Porém, nunca é demais fazer um trabalho de conscientização dessa segurança que nós temos na preparação e realização das eleições. O trabalho das assessorias de comunicação deve continuar. Trabalho que é digno de aplausos”, exaltou Jatahy.

Na sequência, a reunião foi mediada por Giselly Siqueira (Assessora-chefe do Tribunal Superior Eleitoral); Fábia Galvão (Coordenadora de mídias sociais, campanhas e portais do TSE; Laura Gracindo (coordenadora de imprensa do TSE) e Tatiana Cochlar (coordenadora de Rádio e TV do TSE). 

Giselly Siqueira considera que a comunicação é uma área importante e estratégica para as instituições. “A Justiça Eleitoral fez um ótimo trabalho em 2020. Só quem não conhece, não imagina a dificuldade que é realizar uma eleição no Brasil. E como fazemos com tanta eficiência, parafraseando o ministro Barroso, “apesar de tantas notícias ruins no ano passado, a exemplo da pandemia, a Justiça Eleitoral fez bem o que tinha que fazer”. As eleições transcorreram bem, com segurança e eficiência”. “Para o próximo ano, teremos mais um desafio para enfrentar e é importante termos pessoas competentes e diligentes à frente das comunicações. Esses momentos de discussão e debates, dentro do Coptrel são significativos”, reiterou a assessora-chefe do TSE.

Além das fake news, outros temas pertinentes à comunicação, como campanhas e comunicação interna, também foram abordados. O III Encontro Virtual do Coptrel segue nesta quinta-feira (18/3), com reuniões entre diretores-gerais dos TREs e presidentes.

HS

Nenhum comentário:

Postar um comentário