quarta-feira, 11 de novembro de 2020

“Fico feliz em servir e ajudar o próximo me dá grande satisfação”, diz Juiz Henrique Trindade ao falar sobre altruísmo

Magistrado já atuou em unidades filantrópicas e, também, é associado a entidades sociais


Se entregar a causas sociais, visando o bem-estar do próximo. Esta é uma das características que acompanha o cooperador do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), Henrique Trindade. Ele considera que a filantropia, a qual se dedica há 11 anos, serve à sociedade como um todo.

Além da trajetória solidária, o magistrado já atuou em importantes unidades filantrópicas e, também, é associado a entidades sociais, que já beneficiaram, por exemplo, o Martagão Gesteira, Fundação José Silveira, Hospital Santo Antônio (Obras Sociais Irmã Dulce), além de fazer parte, há mais de 10 anos, do Rotary International, tendo exercido a presidência do Rotary Club Salvador Barra por dois mandatos, e foi governador do Distrito 4550 (reunião de clubes) que, à época, tinha 54 clubes distribuídos em 32 cidades baianas. 

O juiz explica que o Rotary é composto por pessoas que têm o ideal de servir a sociedade. E que, o maior projeto da instituição, no mundo, é o combate à poliomielite (paralisia infantil). “Aqui na Bahia apoiamos diversas instituições, como escolas, creches, asilos, hospitais, etc. Nos últimos anos fizemos importantes ações na área de saúde. Doamos dois ônibus (um deles, equipado com um consultório voltado ao diagnóstico e tratamento do espectro autismo e o outro equipado com um consultório médico e odontológico); um caminhão (com equipamentos para o diagnóstico da tuberculose); uma UTI neonatal (totalmente equipada); além disso, montamos e equipamos uma sala de cirurgia no Hospital Santo Antônio das Obras Sociais Irmã Dulce, tudo isso com recursos do Rotary, sem qualquer ajuda pública”, ressaltou. 

Ele conta que, em 2009, quando começou a participar do Rotary, viu na instituição um meio de viabilizar suas intenções em ajudar pessoas. “Paralelo a isso, passei a integrar diversas instituições filantrópicas, além de colaborar em projetos de outras instituições que eu não fazia parte formalmente. Considero que já possuo o bastante para manutenção de uma vida confortável junto à minha família, portanto, tenho o desprendimento de doar tempo e dinheiro para projetos sociais. Fico feliz em servir, amparar ao próximo, me dá grande satisfação”. 

Solidário 

Henrique Trindade também é associado à Liga Álvaro Bahia Contra a Mortalidade Infantil (Hospital Martagão Gesteira), entidade que atende 100% pelo SUS, “e realiza um trabalho extraordinário em prol das crianças de todo o estado”. O magistrado também é diretor jurídico do Abrigo do Salvador, lar com 200 idosos. Faz parte da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia da Bahia, atualmente membro do conselho fiscal, instituição secular que atua na área de saúde (Hospital Santa Izabel, dentre outras unidades), área social como escolas, centro de apoio a jovens, área cultural, como o museu da Misericórdia, e também o Cemitério Campo Santo. É membro da Irmandade da Devoção do Senhor do Bonfim, entidade que, além da atuação religiosa, presta serviços na área social. Ocupou o cargo de secretário de ação social e combate à pobreza de Salvador, onde auxiliou pessoas mais carentes da cidade e, em particular, desempregadas e em situação de rua. 

HS

Nenhum comentário:

Postar um comentário