domingo, 15 de novembro de 2020

Eleições 2020: TRE-BA emite zerésima, que comprova lisura do pleito

Documento expedido em cada seção eleitoral, antes do início da votação, indica que não existe voto registrado na urna eletrônica para nenhum dos candidatos da disputa


Para garantir a lisura dos resultados das Eleições Municipais 2020, o Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) emitiu, na manhã deste domingo (15/11), a zerésima - documento expedido em cada seção eleitoral, antes do início da votação, que indica que não existe voto registrado na urna eletrônica para nenhum dos candidatos da disputa. Na Bahia, 10.893.320 eleitores estão aptos a votar. Deste quantitativo, 1.897.098 dos eleitores são de Salvador. 

A zerésima atesta que cada urna usada no pleito tem zero voto e conta com o registro de todos os candidatos que participam da eleição. E antes de o primeiro eleitor registrar seu voto na urna eletrônica, em cada uma das seções eleitorais, o presidente da mesa receptora de votos já terá ligado a máquina, na presença dos mesários e fiscais de partidos políticos, para emitir o relatório. 

O documento traz toda a identificação da urna. Comprova que nela estão registrados todos os candidatos e que não há voto computado para nenhum deles, ou seja, confirma que a urna tem “zero voto”. Após a impressão da zerésima, o presidente da seção eleitoral, os mesários e os fiscais dos partidos ou coligações que estiverem presentes devem assiná-la. 

Fim da votação 

Ao término da votação, às 17h, o presidente da seção eleitoral deve digitar uma senha na urna para encerrar a votação. Logo após, o equipamento emitirá cinco vias do boletim de urna, com os seguintes dados: total de votos recebidos por cada candidato, partido político, votos brancos, votos nulos, número da seção, identificação da urna e a quantidade de eleitores que votaram na respectiva seção. O boletim e a zerésima são então encaminhados à junta eleitoral.

Nenhum comentário:

Postar um comentário