domingo, 29 de novembro de 2020

2º turno: emissão da zerésima, em Feira, comprova que não há votos na urna antes do primeiro eleitor

Documento atesta a lisura do processo eleitoral, mostrando que os candidatos à prefeitura iniciam o domingo de Eleições sem votos


Antes de o primeiro eleitor entrar para votar na seção 438, no Sistema Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), em Feira de Santana, a urna eletrônica continha apenas os nomes dos candidatos à prefeitura e seus partidos. A informação foi impressa na zerésima, documento que comprova a lisura do processo eleitoral, atestando que os candidatos começaram o domingo de segundo turno sem votos. 

A zerésima da seção 438, que faz parte da zona 156, foi impressa pelo mesário Jorge de Jesus, que explicou o significado do documento. “A zerésima é impressa em todas as eleições, antes das votações, e é o que comprova que, até esse momento, não houve nenhum voto para os candidatos que estão concorrendo ao pleito, ou seja, não há fraude”. 

Após a impressão, a zerésima foi assinada por todos os mesários e guardada para, ao final das votações, ser entregue no Fórum Eleitoral da cidade, que abrange quatro Zonas Eleitorais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário