terça-feira, 22 de setembro de 2020

Juiz Ávio Mozar é o novo diretor da Escola Judiciária Eleitoral da Bahia

 Juiz assume a EJE/BA para o biênio de 2020-2022


O juiz da Corte Eleitoral Ávio Mozar José Ferraz de Novaes é o mais novo diretor da Escola Judiciária Eleitoral da Bahia. A eleição ocorreu durante sessão plenária do dia 14 de setembro do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA). O juiz assume a EJE/BA para o biênio de 2020-2022. O cargo estava sendo ocupado, provisoriamente, pelo juiz José Batista Júnior, vice-diretor da Escola. 

O presidente do TRE-BA, desembargador Jatahy Júnior, e os demais membros da Corte exaltaram as qualidades do novo gestor, com atenção especial às vivências na área acadêmica. “Todos sabem o currículo muito rico que o doutor Ávio tem, não só como magistrado, mas como mestre que tem experiência nesta área. Tenho certeza que ele vai desempenhar muito bem a função de diretor da Escola Judiciária Eleitoral”. 

O magistrado agradeceu a indicação de seu nome e afirmou que, por conta da experiência acadêmica, espera contribuir para o desenvolvimento da Escola. “Quero afiançar que aos 16 anos eu fui convidado para ser monitor da disciplina de Matemática, na Escola Técnica Federal da Bahia e eu era remunerado. Quero acentuar que há 39 anos milito na área acadêmica, portanto espero poder, na medida do possível, contribuir eficazmente para o desenvolvimento da Escola ao lado do doutor José Batista”. 

Perfil 

O juiz Ávio Mozar José Ferraz de Novaes é bacharel em Direito pela Universidade Católica do Salvador, onde também atuou como professor nas áreas de Direito Processual Civil, Tributário e Agrário. Foi advogado na Justiça do Trabalho e no Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), além de analista judiciário na Justiça Federal da Bahia. 

Ingressou na magistratura federal em 1997, na Seção Judiciária do Distrito Federal, na qual foi substituto da 9ª Vara. Em 1999, assumiu como titular na 18ª Vara da Seção Judiciária da Bahia e, posteriormente, na 12ª Vara. Em 2013, foi homenageado com a Comenda Ministro Coquejo Costa, da Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho da Bahia. A comenda foi concedida pelo Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região (TRT5-BA), no grau de Comendador. 

Já atuou no Tribunal Regional Federal (TRF), 1ª Região e foi juiz auxiliar no Conselho Nacional de Justiça e no Conselho da Justiça Federal. Em 2018, foi empossado como juiz substituto do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Em 18 de junho de 2020 tornou-se membro efetivo da Cote Eleitoral baiana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário