sexta-feira, 4 de setembro de 2020

Atuação dos mesários nas eleições municipais é tema de live do TRE-BA na próxima segunda-feira, 7/9

A chefe de cartório da 14ª zona eleitoral, Silvana Caldas, falará sobre a campanha de voluntários, o treinamento online, os direitos e deveres dos mesários e a logística das votações na pandemia






A atuação dos mesários nas Eleições de 2020 é tema da live realizada pelo Tribunal Regional Eleitoral da Bahia na próxima segunda-feira (7/9) com a chefe de cartório da 14ª zona eleitoral, Silvana Caldas. A servidora irá esclarecer os principais pontos referentes ao assunto, como a campanha de voluntários, o treinamento online, os direitos e deveres desses colaboradores da Justiça Eleitoral, além da logística das votações no contexto da Covid-19. A entrevista será transmitida pelo Instagram do TRE-BA, a partir das 10h. 

Silvana Caldas observa que, em 2020, as Eleições terão um aspecto totalmente novo, daí a necessidade de reforçar a comunicação com os eleitores que, voluntários ou convocados, atuam no processo. "Esse trabalho é o que torna possível a escolha, pelos cidadãos brasileiros, de seus representantes. Sem os mesários, não há eleições e sem eleição não há democracia, nem sequer um verdadeiro regime republicano, que exige constante alternância de governantes", afirma a servidora. 

São atividades essenciais ao processo, enumera a chefe de cartório. Cabe ao mesário montar as seções eleitorais, controlar o fluxo de votação, receber e identificar os eleitores na urna eletrônica, autorizar o voto ou não de determinado eleitor, lavrar a ata do que ocorreu na seção durante a votação, encerrar o sistema da urna para a geração de arquivos eletrônicos que permitem a totalização dos votos. Realizar todas essas tarefas em um cenário de pandemia será ainda mais desafiador. 

Diversos aspectos ligados ao trabalho dos mesários estão sendo modificados em 2020. A convocação tem sido feita preferencialmente de forma online, assim como será o treinamento de mais de 100 mil mesários no estado. Será a primeira vez que o treinamento à distância não será uma alternativa ao presencial, mas o meio principal de preparar os mesários para as eleições. "Embora o EAD seja uma realidade desde 2012, o treinamento acontecia muito mais de forma presencial. Logo, será uma novidade para muitos", afirma Silvana. 

Na live, a servidora irá esclarecer dúvidas dos eleitores, sobretudo as diferenças do treinamento oferecido diretamente no Portal de Educação a Distância do Tribunal Superior Eleitoral daquele disponível no aplicativo Mesários 2020. O acesso às plataformas, esclarecimentos sobre direitos e deveres dos mesários e como será a logística das votações em nova data (15/11 em vez de 1/10) também serão abordados pela chefe de cartório. 

Silvana Caldas será entrevistada pela jornalista Carla Bittencourt, da Assessoria de Comunicação do TRE-BA. O chat da live estará aberto para perguntas do público.


Nenhum comentário:

Postar um comentário