quarta-feira, 12 de agosto de 2020

#PartiuMudar: EJE baiana realizará palestra para estagiários da ALBA nesta quarta (12/8)

 O evento será ministrado pelo professor e analista judiciário, Jaime Barreiros, em formato de webnário – espécie de videoconferência - com transmissão ao vivo, às 15h


Com o propósito de debater sobre a importância do voto e o papel dos cidadãos como sujeitos de direitos e deveres, a Escola Judiciária do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (EJE/TRE-BA), por meio do Projeto #PartiuMudar, realizará, nesta quarta-feira (12/8), palestra para os estagiários da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA). O evento será ministrado pelo professor e analista judiciário, Jaime Barreiros Neto, em formato de webnário, às 15h. 

Durante o bate-papo, que terá cerca de 30 minutos de duração, serão esplanadas questões relativas à democracia, cidadania e a importância do voto. Na sequência, os estudantes poderão esclarecer dúvidas sobre os assuntos tratados com o servidor Barreiros. 

Para a Diretora da Escola do Legislativo da Bahia, Fernanda Guedes, “os jovens de hoje são o nosso futuro, portanto é de suma importância que tenham valores e atitudes positivas, que aprendam a ser um cidadão responsável, solidário, que ajam com respeito e tenham senso de justiça. Além disso, precisam se conscientizar da importância do voto. Precisam saber e entender o poder que o voto tem de mudar o destino do nosso País”. 

A diretora ressaltou ainda que a responsabilidade da escolha dos nossos representantes políticos é muito grande e o momento em que vivemos exige que façamos escolhas conscientes “Por isso tudo, a Escola do Legislativo, através da Gerência de Projetos Especiais, tem o dever de oferecer ferramentas que permitam aos estagiários da ALBA, uma reflexão mais profunda sobre Democracia e Cidadania, fortalecendo assim a participação deles no processo eleitoral”, afirmou Guedes.   

Sobre o projeto 

 O Projeto “#PartiuMudar – Educação para a Cidadania Democrática no ensino médio” foi lançado no final de 2017, no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), fruto de uma parceria entre a Justiça Eleitoral, o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e as Escolas Judiciárias Eleitorais (EJEs). 

O projeto visa a estimular a curiosidade e o interesse dos jovens pela política, semeando uma postura crítica diante de informações e discursos aos quais sejam expostos no seu cotidiano, aproximando-os do processo eleitoral brasileiro. Complementa a iniciativa do Projeto Eleitor do Futuro, que tem como foco a formação da cidadania entre alunos do ensino fundamental.

  

HS

Nenhum comentário:

Postar um comentário