segunda-feira, 24 de agosto de 2020

Assessorias de comunicação da Justiça Eleitoral debatem Eleições 2020 durante encontro virtual do Coptrel

 Abertura do evento foi realizada pelo desembargador Jatahy Júnior, presidente do Coptrel; encontro virtual foi promovido pelo TRE do Pará, nesta segunda-feira (24/8) 



As 27 Assessorias de Comunicação dos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) e a Secretaria de Comunicação do TSE reuniram-se na manhã desta segunda-feira (24/8) para debater informes gerais relativos às Eleições Municipais 2020. A reunião aconteceu durante o II Encontro Virtual do Colégio de Presidentes dos Tribunais Regionais Eleitorais (Coptrel), promovido pelo TRE do Pará. A abertura do evento foi conduzida pelos desembargadores Jatahy Júnior, presidente do Coptrel e do TRE baiano, juntamente com Roberto Gonçalves de Moura, presidente do TRE-PA.   

Após cumprimentar os participantes, o presidente Jatahy lamentou a perda dos quase 115 mil brasileiros, em razão da pandemia causada pelo coronavírus (causador da Covid-19). “Estamos em um momento de extrema tristeza, onde quase 115 mil brasileiros já se foram, vítimas dessa pandemia. Nós, da Justiça Eleitoral (JE), estamos hipotecando nossa solidariedade às famílias dessas pessoas”. O desembargador lembrou, ainda, da missão da JE em realizar as Eleições Municipais. “É de vital importância que o pleito se realize para o bem do nosso estado democrático de direito. A Justiça Eleitoral, apesar de todas as dificuldades, já tomou diversas providências, inclusive, com adiamento das eleições, para que as mesmas se realizem de forma segura, dentre várias outras medidas tomadas em prol da sociedade”, lembrou.

A reunião foi mediada por Mariana Oliveira, assessora-chefe de comunicação do TSE e por Edney Martins, Ascom do TRE-PA. Dos temas mais complexos considerados pela assessora, esteve a definição do protocolo sanitário para o dia da eleição, seguido do horário de votação - obedecendo à consultoria sanitária (composta pela fundação Fiocruz e os hospitais Sírio Libanês e Albert Einstein), já foi definida boa parte do protocolo sobre cuidados a serem adotados no dia do pleito, em razão da pandemia. 

“Um dos exemplos é obedecer ao distanciamento social, de como o eleitor apresentará os documentos na hora da votação. Anteriormente, a consultora havia orientado que a documentação deveria ser colocada em uma bandeja. No entanto, concluíram que haveria muito contato físico e acabou ficando acertado que a documentação deverá ser mostrada ao mesário, a distância”. O outro ponto relevante, que ainda falta ser determinado, é a questão do horário. “A tendência é que a votação seja estendida por mais uma hora, medida que visa combater a aglomeração”, pontuou Mariana.

De acordo com a assessora-chefe, a partir das definições dessas pendências, uma cartilha sobre o protocolo sanitário para o dia da eleição deverá ser disponibilizada, juntamente com cartazes informativos, complementados por cards, contendo dicas para o eleitor, mesário e demais trabalhadores. Para complementar ainda mais o trabalho realizado pela Justiça Eleitoral, sete campanhas publicitárias serão veiculadas até a realização do pleito. Dentre elas destaca-se: Mesário voluntário, Cuidados Sanitários para o dia da Eleição, Voto Consciente, Mulheres na Política e Jovem Eleitor, e-Título.

A reunião também foi marcada por diversos temas relevantes, onde os assessores partilharam informações, sugestões e puderam tirar dúvidas em relação à transparência no dia do pleito, alinhamento de coletivas, sala de imprensa para acompanhamento da totalização dos votos, cerimônia de diplomação dos eleitos, dentre outros assuntos relacionados. 



HS


Nenhum comentário:

Postar um comentário