quarta-feira, 8 de julho de 2020

CNJ lança pesquisa para avaliar a saúde mental de magistrados e servidores

Para participar, basta preencher o formulário eletrônico até 15 de julho; participação é anônima, sigilosa e voluntária



O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) lançou, no último dia (1º/7), a pesquisa "Saúde mental de magistrados e servidores no contexto da pandemia da Covid-19". O objetivo é traçar um panorama da situação dos trabalhadores do Judiciário, buscando obter dados que poderão ajudá-los a enfrentar o atual quadro, contribuindo para a construção de estratégias na área de saúde e bem-estar. 

Para participar, basta preencher o formulário eletrônico até 15 de julho, usando o código SZHhZtkD. O questionário é formado por 34 perguntas e poderá ser respondido em menos de 10 minutos. As perguntas estão relacionadas às condições que o servidor e o magistrado têm para desenvolver as atividades remotas; como avaliam o volume de trabalho recebido durante o período da quarentena; os sentimentos que têm vivenciado nesse período; seus hábitos; medos; o acúmulo de tarefas; e a responsabilidade por cuidados de crianças ou idosos. 

A participação é anônima, sigilosa e voluntária. Os resultados serão apresentados de forma agregada, sem possibilidade de identificação pessoal e será de acesso público no Portal do CNJ. 



TF, com informações do CNJ

Nenhum comentário:

Postar um comentário