sexta-feira, 15 de maio de 2020

EJE/BA dialoga sobre democracia e eleições diante do cenário de pandemia de coronavírus

Bate-papo, transmitido em live no Instagram, teve a participação dos professores Jaime Barreiros Neto e Cláudio André de Souza


 
Em live, realizada no início desta sexta-feira (16/5), a Escola Judiciária Eleitoral da Bahia (EJE/BA)  debateu assuntos relacionados às Eleições Municipais 2020 e questões diante do cenário de pandemia do coronavírus, correlacionadas ao “Projeto #PartiuMudar”. Esse último, direcionado à Educação para a Cidadania Democrática no Ensino Médio. 

O bate-papo, transmitido por meio do Instagram da Coordenação de Política para a Juventude – @politicasparajuventude, teve a participação dos professores Jaime Barreiros Neto e Cláudio André de Souza. O projeto é uma parceria da EJE/BA com a Secretaria de Educação do Estado.  

A partir da conversa, o analista judiciário do TRE-BA Jaime Barreiros, foi incisivo ao falar sobre os direitos fundamentais como indivíduos. “A democracia é a grande ferramenta da dignidade humana. Projeto como esses são necessários para que a gente lembre que a democracia não pode parar, mesmo com um vírus letal como este, dessa Pandemia que estamos vivendo. A democracia tem que ser salvaguardada, protegida. Então, somente o conhecimento e a educação podem realmente salvar a participação dos cidadãos nesse processo. Estes são os principais remédios para os males que podem destruir o processo democrático”, disse Barreiros. O professor ainda alertou aos estudantes para que busquem o conhecimento e autonomia, “porque essa é a essência da democracia”, completou. 

Ao longo da conversa, o cientista político Cláudio André de Souza, disse estar bastante satisfeito com a forma com que a entrevista foi conduzida. “O Projeto Partiu Mudar necessita aprofundar o diálogo de educação democrática com os mais jovens. Durante a live, foi possível perceber que vários jovens participaram e acenaram em relação ao projeto. É sempre muito gratificante debater eleições, cidadania e a importância das instituições políticas. Debater a democracia, sobretudo nesse momento de dificuldade em que estamos vivendo, é um momento complexo e que requer muito cuidado para que os jovens possam ser orientados a como vão atuar e, ao mesmo tempo, interagir com as instituições, e o Partiu Mudar acaba fazendo essa mediação”.

#PartiuMudar

O projeto tem como objetivo contribuir para suprir a lacuna de educação política de jovens com idades entre 14 e 18 anos. A ideia é trabalhar educação para a cidadania com os alunos do Ensino Médio de escolas públicas e privadas para ampliar a discussão, não apenas sobre o jovem enquanto eleitor, mas também sobre democracia, sistemas políticos, minorias, o papel da mídia, dentre outros temas.

HS

Nenhum comentário:

Postar um comentário