quarta-feira, 29 de abril de 2020

Desembargador Jatahy Júnior será empossado presidente do Coptrel na próxima segunda-feira (4/5)

Solenidade tem início marcado para 11h e ocorrerá por meio de videoconferência, com transmissão ao vivo




O presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), desembargador Jatahy Júnior, será empossado - na próxima segunda-feira (4/5) - gestor do Colégio de Presidentes dos Tribunais Regionais Eleitorais (Coptrel). A solenidade ocorrerá, de forma inédita, por videoconferência, com início previsto para 11h. O evento contará com transmissão ao vivo e interessados poderão acompanhar por meio do site: coptrel.justicaeleitoral.jus.br

Na ocasião, além do desembargador Jatahy Júnior, serão ainda empossados os desembargadores Cláudio Brandão de Oliveira (TRE-RJ) e Glauber Antônio Nunes Rêgo (TRE-RN), respectivamente vice-presidente e secretário.

Esta é a primeira vez que um representante da Justiça Eleitoral baiana presidirá o Coptrel. A eleição que deu vitória ao desembargador Jatahy Júnior ocorreu no último dia 30 de março, em votação virtual. O pleito teve participação dos 27 presidentes de TREs.
O desembargador Jatahy Júnior obteve 19 votos e o presidente do TRE-SP, desembargador Waldir Campos, ficou com 8 votos. Com o resultado, o gestor do Regional baiano foi eleito para suceder o desembargador Carlos Eduardo Cauduro Padin (ex-presidente do TRE-SP). Não houveram votos nulos ou em branco.

Sobre Jatahy Júnior

Jatahy Júnior formou-se em Direito pela Universidade Federal da Bahia (Ufba) em 1984, aos 22 anos. Em 1986, aos 25, tornou-se juiz de Direito. Desde então, passou a atuar na área do Direito Eleitoral, tendo respondido por diversas zonas, incluindo duas de Salvador: 10º ZE, em 1992; e a 2ª ZE, em 1994.

Empossado vice-presidente do TRE baiano em março de 2017, Jatahy Júnior passou – a partir de janeiro de 2018 – a exercer também o cargo de corregedor eleitoral. Em um ano à frente da Corregedoria, realizou oito correições nos cartórios de interior do estado. O trabalho, realizado em parceria com juízes e servidores, tornou o Regional baiano o mais produtivo do Brasil (em números absolutos e proporcionais), em relação ao julgamento de processos no 1º grau, além de ter saltado do 20º para o 9º lugar no ranking nacional de média de processos por zona.

Em março de 2019 assumiu a presidência do TRE-BA. Em fevereiro de 2020, finalizou a revisão biométrica no Estado e liderou o Regional na conquista do inédito Selo Diamante do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Sobre Cláudio Brandão de Oliveira

Cláudio Brandão de Oliveira nasceu em 31 de outubro de 1963. Iniciou sua carreira em 1986. Na Justiça Eleitoral, foi juiz auxiliar da Presidência, juiz eleitoral titular nas comarcas de Engenheiro Paulo de Frontin, Miguel Pereira, São João de Meriti e Rio de Janeiro, entre os anos de 1993 e 2009. De março a dezembro de 2019, ocupou o cargo de vice-presidente e corregedor regional eleitoral no TRE-RJ, sendo, atualmente, presidente do Eleitoral. 

Sobre Glauber Antônio Nunes Rêgo

Graduado em Direito pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (1997) e em Agronomia pela Escola Superior de Agricultura de Mossoró (1993), Glauber Antônio Nunes Rêgo é ainda mestre em Direito Constitucional pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2016). Desembargador do Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte, desde 28 de junho de 2013, foi presidente da Câmara Criminal do TJ/RN no período de 01/2017 a 01/2019. Em setembro do ano de 2018 foi empossado presidente do TRE-RN.

HS

Nenhum comentário:

Postar um comentário