domingo, 28 de outubro de 2018

Vitória da Conquista: eleitores surdos terão auxílio de intérpretes de libras durante a votação deste domingo

Projeto piloto da 39ª Zona Eleitoral reforça a política de acessibilidade do TRE-BA


Em uma iniciativa inédita no Estado, os eleitores de Vitória da Conquista terão o apoio de profissionais especializados na Língua Brasileira de Sinais durante as eleições deste domingo, 28 de outubro. No projeto, idealizado pela 39ª Zona Eleitoral, 63 locais de votação da zona urbana serão atendidos por intérpretes de libras.

Na prática, se um eleitor surdo quiser tirar dúvidas ou tiver qualquer dificuldade, basta sinalizar aos mesários, que entrarão em contato com o cartório, sede da zona eleitoral. O intérprete, então, será acionado para deslocar-se até a seção e fazer o atendimento. Dessa forma, espera-se não apenas garantir o direito dos cidadãos, mas otimizar a votação.

O projeto estreou no primeiro turno e será repetido no segundo, ainda sem beneficiar a zona rural. A ideia é reforçar a valorização da acessibilidade, definida pelo Tribunal Regional Eleitoral da Bahia.  De acordo com a chefe de cartório Zélia Sousa, a depender da demanda, mais intérpretes podem ser convocados nas próximas eleições.

Zélia defende que oferecer condições dignas aos eleitores com deficiência seja cada vez mais prioridade na agenda de atividades do cartório. Ela lembra que a atuação desses profissionais deve restringir-se ao apoio logístico e não político.  Para as eleições 2018, o TRE-BA fez uma parceria com a Central de Libras. “Temos trabalhado para garantir a acessibilidade e a inclusão digna no processo eleitoral”. 

CB

Nenhum comentário:

Postar um comentário