sábado, 1 de outubro de 2016

Eleições 2016: Definidas urnas eletrônicas que serão auditadas

Além de uma urna da capital, serão auditadas urnas eletrônicas dos municípios de Aracatu, Igrapiúna, Lajedo do Tabocal e Teodoro Sampaio



O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), por meio de sorteio coordenado pela Comissão de Auditoria, definiu, neste sábado (1º/10), as urnas eletrônicas que passarão pela auditoria por votação paralela. De acordo com o juiz Antônio Cunha Cavalcanti, presidente da Comissão este ano, o procedimento é um dos mais importantes relativos às Eleições Municipais 2016, pois garante a confiabilidade da votação eletrônica. A auditoria acontece desde 1996, quando a urna eletrônica foi adotada, e nunca nenhum problema foi identificado.


No total, foram cinco urnas eletrônicas sorteadas. Na capital, a urna a ser auditada será da 16ª Zona Eleitoral (seção 095). No interior, as urnas virão dos municípios de Aracatu (zona 090, seção 010), Igrapiúna (zona 032, seção 168), Lajedo do Tabocal (zona 37, seção 083) e Teodoro Sampaio (zona 130, seção 097). O procedimento, aberto ao público, foi acompanhado por profissionais da imprensa, membros do Ministério Público e por auditores independentes. 

As urnas eletrônicas sorteadas deverão chegar à sede do TRE da Bahia (1ª Avenida do CAB, número 150) ainda neste sábado (1º/10). Para o transporte das urnas sorteadas, as zonas eleitorais contarão com auxílio de cinco veículos e um helicóptero, cedido à Justiça Eleitoral pela Polícia Militar da Bahia (PM-BA). A auditoria acontece amanhã (2/10 – dia do pleito), das 8 às 17h, no auditório do Regional baiano.


Matéria: Lorena Costa

Nenhum comentário:

Postar um comentário