domingo, 5 de outubro de 2014

De olho na boca de urna: 37 prisões registradas em toda a Bahia

Até o momento, um total de 37 prisões por crime de boca de urna foi registrado em toda a Bahia, entre elas, seis envolvendo os próprios candidatos, segundo informações repassadas pela Corregedoria Regional Eleitoral (CRE-BA) (lista dos candidatos e das cidades no próximo post). Houve ainda 20 notificações por boca de urna que não implicaram prisão.

A 22ª Eleitoral de Jequié registrou também denúncias de distribuição de dinheiro em troca de votos em dois locais de votação, mas as denúncias não foram comprovadas pelos oficiais de justiça.

Já na 23ª Zona Eleitoral de Jequié, foi realizada uma apreensão de material de campanha encontrado em veículo estacionado próximo a local de votação. Segundo informações do cartório, o candidato estava dentro do carro. Apreensões de santinhos foram feitas também pelo juiz eleitoral de Camamu (BA), sendo o material encaminhado para o DEPOL da cidade.

No município de Tanhaçu, foram noticiadas queixas sobre veículos plotados transitando pela cidade, mas, ao fazer consulta ao CRE-BA e à legislação eleitoral, foi verificado que a situação não enquadrava-se em crime eleitoral. Em Paulo Afonso, houve também recolhimento de placas e cavaletes. Em Jaguaquara, todas as ocorrências até o momento são relacionadas a apreensões de placas de propaganda (Relação de Ocorrências da Corregedoria até às 11h50).

Nenhum comentário:

Postar um comentário